"Nenhum caminho é longo demais quando um amigo nos acompanha..." Solidário

Sábado, 5 de Julho de 2008

LEUCEMIA NÃO É UMA DOENÇA FATAL!!!

 

O médico hematologista Mário Mariz, do IPO do Porto, desmistificou alguns mitos sobre a leucemia, clarificando que esta não é uma doença fatal.

 

 

«Em Oncologia, as evoluções te­rapêuticas são, regra geral, feitas de forma lenta e progressiva. A introdução de novos fármacos ou protocolos permitem um pequeno progresso que pode fazer-se sentir, quer na melhoria da qualidade de vida dos doentes, quer no aumen­to da sua sobrevivência». Quem o diz é José Mário Mariz, médico hematologista no IPO do Porto, habituado a lidar diariamente com doenças oncológicas do sangue.
Sobre os avanços da Medicina nesta área, Mário Mariz adianta que, «nos últimos cinco anos, os avanços mais significativos dizem respeito ao tratamento dos doen­tes com leucemia mielóide crónica, onde foram introduzidos fármacos altamente selectivos, capazes de bloquear determinadas enzimas que estão na origem da doença. A comodidade na prescrição destes fármacos e a sua eficácia contri­buíram de forma significativa para uma melhoria na qualidade de vida, bem como para um aumento na sobrevivência destes doentes».
Considera que leucemia «não é uma doença fatal. A leucemia é uma doença potencialmente curá-vel», adiantando que «é importante salientar que existem vários tipos de leucemia com tratamentos e probabilidade de cura variável. O transplante não constitui a úni­ca opção terapêutica. É possível curar doentes com leucemia semrecorrer ao transplante. Em alguns  casos de leucemia, o transplante pode ser a primeira opção terapêutica, em outros casos pode ser uma alternativa após falência dos outros tratamentos».

 

 

No que respeita a probabilidades de cura, o médico deixa claro que a «leucemia mielóide crónica é, hoje, a forma de leucemia com maior probabilidade de controlo, fruto da introdução recente de fármacos altamente selectivos e eficazes», destacando igualmente que «leuce­mia não é igual a morte prematura. Uma percentagem significativa de doentes com leucemia aguda fica curada com o tratamento e a maio­ria dos doentes com leucemia cró­nica vive com a doença controlada durante muitos anos».
Destacando que somos um País avançado e desperto para a inves­tigação, Mário Mariz salienta que «é com frequência que os centros portugueses, que tratam doentes com leucemia, são convidados a participar em estudos internacionais para desenvolvimento de novos fár­macos». O futuro passa, segundo o hematologista, pela «introdução de fármacos cada vez mais selectivos, mais eficazes e provavelmente me­nos tóxicos, o que permitirá uma evolução contínua na melhoria da qualidade de vida e um aumento no tempo de vida para cada doente».
«Em   Portugal,   os   doentes   com  leucemia têm acesso às melhores soluções existentes para cada tipo de leucemia.  No que respeita a novas opções terapêuticas, estamos, felizmente, ao nível dos paí­es mais ricos e desenvolvidos», remata o hematologista.

 

 
publicado por Solidário às 23:15
link do post | comentar | ver comentários (11) | favorito
|
Terça-feira, 1 de Julho de 2008

SOLIDARIEDADE!!!

 

Tudo que o que te pedem é manter isto a circular. Mesmo que seja só para mais uma pessoa. Em memória de alguém que foi atingida pelo cancro.
 

Uma vela nada perde pela iluminação de outra vela.
Por favor, faça esta vela circular!


 

 

Esta, peço para fazeres circular!

Obrigado

 

OBS: Dentro de dias será colocado um artigo dissertando sobre leucemia.

publicado por Solidário às 21:33
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 2 de Junho de 2008

DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDADE !!!

Um número cada vez maior de pessoas tem buscado os consultórios médicos e psiquiátricos a procura de receitas para a utilização de antidepressivos, comportamento cada vez mais freqüentemente realizado por uma expressiva parcela da população. Embora ninguém esteja imune à vivência de momentos mais depressivos e melancólicos, a Depressão em seu caráter psicopatológico, é um quadro que se manifesta através de episódios recorrentes que podem durar de alguns meses a alguns anos, com períodos de ‘aparente normalidade’ entre eles. Segundo a Organização Mundial de Saúde, em cerca de 20% dos indivíduos a depressão se torna crônica, especialmente quando não há tratamento adequado, havendo uma maior incidência de casos em mulheres do que em homens. O reconhecimento surpreendente de que esse quadro afeta não somente os adultos, mas também adolescentes e adultos jovens, nos leva forçosamente a pensar e refletir sobre as possíveis causas para o ‘mal de nosso século’, que se tornou uma das mais freqüentes enfermidades da Psiquiatria.

Mas o que está por detrás do surgimento de um quadro que se torna cada vez mais alarmante do ponto de vista do bem-estar do indivíduo? A Depressão pode ser entendida enquanto um sintoma em si mesmo ou enquanto um quadro de características bastante específicas. As explicações para suas origens têm impulsionado médicos e psicólogos a buscarem o entendimento de um quadro que muitas vezes desafia nossa capacidade de compreensão. As teorias explicativas existentes falam de dois tipos de Depressão: a Depressão Endógena, cujas causas são ‘desconhecidas’, provavelmente de ordem constitucional, biológica ou hereditária; e a Depressão Exógena, cujas causas são ‘conhecidas’, de natureza ambiental e familiar. Outros pesquisadores afirmam que as origens da Depressão se encontram na conjugação de todos esses fatores, isto é, na presença de uma predisposição orgânica, possivelmente de caráter hereditário, aliada a situações ambientais e dinâmicas familiares específicas. Independentemente das possíveis causas apontadas, os cuidados médico-psicológicos necessários se tornam absolutamente fundamentais, se levarmos em consideração que cerca de 15% a 20% dos pacientes depressivos tentam o suicídio, conseguindo muitos deles, tragicamente, o objetivo de porem um fim às suas vidas.

Os aspectos orgânicos e psicológicos da Depressão têm sido incansavelmente estudados e pesquisados por parte da comunidade científica médico-psicológica, todavia, segundo os espiritualistas, para que possamos ter um entendimento mais profundo e completo das origens da Depressão, é imprescindível que as causas de ordem espiritual sejam levadas em consideração. Profissionais que trabalham com Terapia de Vidas Passadas, ou TVP, afirmam que a compreensão dos mecanismos causadores da Depressão envolve não somente as predisposições hereditárias e as causas psíquico-ambientais, mas também conceitos como Karma e Re-Encarnação. O conceito de Reencarnação afirma que os indivíduos vivem múltiplas existências, tantas quantas forem necessárias, para que possam se desenvolver e evoluir plenamente. Já o conceito de Karma significa ‘ação e reação’, ou a ‘Lei de Causa e Efeito’, onde o indivíduo colhe no presente os resultados positivos ou negativos das ações praticadas em vidas passadas.
A multiplicidade de existências e a ‘colheita’ dos resultados das ações praticadas, são conceitos que se apresentam enquanto a base para o trabalho terapêutico realizado com a Terapia de Vidas Passadas, onde o paciente é levado a re-memorar, através de técnicas de regressão, os fatos ocorridos em existências anteriores que continuam a influenciar emocionalmente a vida atual do indivíduo. Em alguns casos, a Depressão experienciada pelo paciente, estaria associada a traumas ou experiências de alto impacto emocional vivenciados em vidas passadas, que em conjunto com uma série de ‘fatores do presente’, possibilitariam as condições para o surgimento dos quadros depressivos. Profissionais renomados como o Dr Brian Weiss, médico formado na Columbia University, revelam que obtiveram diversos resultados positivos na cura da depressão e de outras enfermidades psíquicas, auxiliando seus pacientes a superar as dificuldades do presente, através do acesso às memórias de vidas passadas. Nesse sentido, o que torna a abordagem terapêutica da Depressão segundo o enfoque da Terapia de Vidas Passadas tão única, diz respeito à percepção da realidade humana como intrinsecamente vinculada às questões mais abrangentes de ordem espiritual.

publicado por Solidário às 18:09
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 1 de Junho de 2008

Sismo: China confirmam existência de mais de 40 mil mortos...

 

CORAÇÃO SOLIDÁRIO

 

Não pode ficar indiferente á dor, á lágrima, á perda de tantos entes queridos com a terrível tragédia que assolou a China e a Birmânia, para esse POVO vai a minha solidariedade, dizendo-Lhes que elevo o meu pensamento a Cristo- Senhor da VIDA, para que tenham forças, para saberem chorar e reflectir que afinal outros poderes existem para os que partiram, QUE DEUS OS TENHA EM ETERNO DESCANSO.

 

publicado por Solidário às 21:31
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quinta-feira, 1 de Maio de 2008

O CANCRO DA MAMA...FAÇA O SEU AUTO-EXAME!!!

 

O cancro da mama é o mais frequente entre as mulheres. Afecta principalmente as que têm entre 40 e 50 anos de idade, que não tenham tido filhos e que tenham antecedentes familiares, mas qualquer pessoa pode ser afectada. A detecção precoce desempenha um importante papel no tratamento precoce da doença e aumenta consideravelmente as expectativas de cura.
O cancro da mama é uma doença neoplásica maligna que pode estender-se da mama aos gânglios linfáticos da axila, e destes a qualquer outra parte do corpo. Se não se receber trata­mento, pode causar a morte num período de dois anos. O diagnóstico precoce tem como objectivo poder tratar o cancro no seu estado inicial, com o que se aumenta a percentagem de cura. Contudo, justamente na fase inicial, o cancro da mama não apresenta nenhum sin­toma, progredindo a doença até tornar-se irreversível ou requerer tratamentos muito agressivos (extirpação da mama, sessões de ra­dioterapia, de quimioterapia, etc.). Esta ausên­cia de sintomas faz com que seja necessário um controlo periódico para detectar qualquer pequena mudança que, de outra forma, pas­saria despercebida.
À medida que a idade avança, a probabilidade de desenvolver um cancro da mama aumenta; por isso, as mulheres com mais de 50 anos, ou antes desta idade se houver antecedentes fami­liares, deveriam submeter-se a uma mamogra-fia anual. Para além disso, todas as mulheres deveriam realizar uma vez por mês uma auto-ex-ploração das mamas, dado que é mais simples que seja a própria mulher a detectar qualquer mudança, pois é quem melhor conhece o seu próprio corpo. Se a detecção precoce for efec­tiva, calcula-se que a mortalidade devida ao cancro da mama se reduz em 30%.

 

COMO REALIZAR A AUTO-EXPLORACAO MAMARIA

- Este exame deveria realizar-se TODOS OS MESES na mesma data, dois ou três dias após a menstruação, quando é menos provável que as mamas estejam sensíveis ou inchadas. As mulheres pós-menopáusicas podem escolher o dia do mês que mais lhes convier.
1.  De pé, frente ao espelho, devem observar-se as duas mamas. Em geral, é normal que
difiram ligeiramente de tamanho. O que se deve procurar é qualquer alteração
na diferença de tamanho entre as mamas e qualquer variação nos mamilos, como um afundamento (mamilo invertido) ou uma secreção. Também se deve vigiar a presença de rugosidades ou depressões.
2. Observando-se atentamente ao espelho, entrelaçam-se as mãos por detrás da cabeça
e pressionam-se contra ela. Esta posição ajuda a detectar as alterações subtis que podem provocar qualquer nódulo. Deve prestar-se atenção às possíveis variações na forma e no contorno das mamas, sobretudo na parte inferior de cada uma.
3. Com as mãos apoiadas firmemente nas ancas e inclinando-se ligeiramente para
o espelho, colocam-se os ombros e os cotovelos para a frente. Nesta posição,
observam-se as alterações na forma e contorno das mamas.
4.Com o braço esquerdo levantado, utilizam-se três ou quatro dedos da mão direita para examinar a mama esquerda pormenorizadamente com a parte plana dos dedos.
Estes devem mover-se em pequenos círculos em redor da mama, começando pelo rebordo externo e aproximando-se gradualmente do mamilo. Pressionando com suavidade, mas com firmeza pode detectar-se qualquer alto ou massa sob a pele. Deve certificar-se que explora toda a mama. Também se deve analisar com cuidado a área entre a mama e a axila, incluindo esta última, em busca de possíveis nódulos. Muitas mulheres realizam esta etapa do exame no duche, porque as mãos deslizam com maior facilidade sobre a pele molhada.
5. Comprimindo levemente o mamilo esquerdo, verificar se se produz alguma secreção.
Depois repetem-se os passos 4 e 5 na mama direita, levantando o braço direito e utilizando a mão esquerda.
6.Deitada de costas, com uma almofada sob o ombro esquerdo e o mesmo braço
ligeiramente por cima da cabeça, examina-se a mama esquerda utilizando a mão
direita. Repete-se, depois, a operação para a mama direita.
 


Obrigado
 

publicado por Solidário às 18:04
link do post | comentar | ver comentários (15) | favorito
|
Segunda-feira, 14 de Abril de 2008

CANCRO NO INTESTINO!!!

 

A descoberta de um cancro costuma causar a sensação de que uma bomba está prestes a explodir. Mas assim como boa parte das doenças, quando o cancro é diagnosticado na fase inicial, há grandes probabilidades de cura, entre 90% e 100%, segundo médicos.

"O cancro do cólon pode ser diagnosticado na fase inicial e totalmente curado", diz o grande gastroenterologista Prof. Drº Antonio Frederico Magalhães.

Sangramento nas fezes, diarréia, eliminação de muco (catarro amarelado) e dores na evacuação são sinais de alerta para o cancro no intestino. A recomendação dos gastroenterologistas quando estes sintomas aparecem é procurar um médico.

Os primeiros sinais encontrados no intestino são pequenas verrugas, chamadas de pólipos, mas que podem ser detectadas em exame clínico. Esta manifestação ainda não é um cancro, mas tem probalidade de se tornar. Depois de descobertos e removidos por meio da colonoscopia, ou de uma cirurgia, as possibilidades de recuperação são muito grandes.

 

A colonoscopia é o exame usado para detectar a presença de tumores ou de sinais iniciais do cancro de intestino. As imagens de todo o intestino grosso são captadas por meio de um tubo de fibra ótica e visualizadas num monitor. Outro procedimento pode ser o exame físico, geralmente o toque retal.

Segundo Magalhães, o exame permite a doença seja descoberta precocemente. "O pólipo não é cancro ainda, mas tem grande probalidade de virar. Se for retirado no próprio exame, elimina-se o risco", afirma Magalhães.

Nos casos mais adiantados, onde já há a formação de um tumor, é preciso fazer um estadiamento, ou seja, verificar se o tumor está localizado no intestino ou se tem manifestação à distância.

O estágio da doença e localização do tumor não determinam apenas a probalidade de cura, mas também a forma de tratamento.

Quando o tumor se localiza no reto alto, a cirurgia consiste na extração do pedaço afetado, com uma margem de segurança, e na anastomose (emenda) do segmento do intestino com o reto. "Neste caso, o paciente tem trânsito intestinal normal", diz Ademar Lopes, especialista em cirurgia oncológica e vice-presidente do Hospital do cancro.

O mesmo procedimento é adotado para os tumores posicionados de 3 cm a 4 cm acima do ânus. Se o câncer fica no reto baixo, próximo ao ânus, em geral se torna necessária a colostomia -cirurgia que exterioriza o intestino para a pele do abdome, com captação das fezes numa bolsa.

Depois das intervenções cirúrgicas, a radioterapia ou a quimioterapia são usadas para controlar e evitar o desenvolvimento de novos tumores.

 

Lista de alimentos Laxativos
01 - Abacate
02 - Abacaxi
03 - Abobrinha
04 - Acelga
05 - Alface
06 - Agrião
07 - Açúcar Mascavo
08 - Amendoim
09 - Ameixa preta
10 - Ameixa
11 - Ananás
12 - Aveia(flocos)
13 - Avelã
14 - Beringela
15 - Bertalha
16 - Brócolis
17 - Caqui
18 - Castanhas
19 - Cenoura crua
20 - Couve
21 - Cereais integrais
22 - Chicória
23 - Coalhada
24 - Espinafre
25 - Ervilha
26 - Feijão com casca
27 - Favas
28 - Figo com bagaço
29 - Grão de bico
30 - Gema de ovo cru
31 - Geleias
32 - Jaca
33 - Laranja com bagaço
34 - Leite
35 - Lentilha
36 - Mel
37 - Melado
38 - Morango
39 - Manga
40 - Mamão
41 - Nozes
42 - Passas
43 - Palmito
44 - Pimentão
45 - Queijos gordurosos
46 - Quiabo
47 - Sapoti
48 - Soja
49 - Uvas
50 - Vegetais folhosos
51 - Yogurte
 
Alimentos Obstipantes
(diminuem a função intestinal)
01 - Arroz branco
02 - Batata inglesa
03 - Biscoito refinado
04 - Bolacha de farinha refinada
05 - Carás
06 - Clara de ovo
07 - Cenoura cozida
08 - Cevada
09 - Chuchú
10 - Chá de camomila
11 - Farinhas refinadas
12 - Creme de arroz
13 - Féculas
14 - Gelatina em folha
15 - Limão (caldo)
16 - Mandioca (aipim)
17 - Maizena
18 - Maçã
19 - Mandioquinha
20 - Óleos vegetais refinados
21 - Pão branco
22 - Pera



publicado por Solidário às 22:03
link do post | comentar | ver comentários (17) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Abril de 2008

SOLIDARIEDADE COM VERDADE!!!

 

 

Coração Solidário sauda e agradece todas visitas que nos foram feitas.

É do conhecimento de todos os que nos tem visitado, que estamos vocacionados e preocupados com a saúde, o que quer dizer, que lamechices ou outro tipo de atitude não está nos nossos horizontes.

Não estamos desatentos a comportamentos menos sérios, dignos, que deviam pautar o comportamento dos bloguistas, pois temos assistido a autênticas burlas com IP dissimulados através de programas para o efeito, cujas empresas são lesadas com tais comportamentos, assim falseando pontuações sem côr, sem rosto, sem dignidade, pensando numa estrela dourada ou um primeiro lugar, como isso seja causa importante ou maior... Não! Não é!!! Não devia ser a maior causa que o homem pode e deve defender. Defender sim, é a verdade que têm a ver com a dignidade, quando esta última se perde, perdem-se todos os valores, e mais grave se torna quando certos bloguistas invocam o nome de cristo em vão, naturalmente que reconhecemos que é a repetição do beijo de Judas, que infelizmente graça por grande parte do mundo.

Honestamente tenho muita dificuldade em ver enredados num estilo comportamental díficil de entender, pessoas que julguei dignas.

Pronto! Agora o leitor sabe muito mais sobre mim do eu que sobre si.

Por outro lado, talvez eu saiba mais sobre si do que pensa.

Peço-lhe que reflicta e em breve falaremos no cancro no intestino.

 

Até lá um abraço Solidário.

publicado por Solidário às 21:39
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 1 de Março de 2008

CUIDE DA SUA SAÚDE, FAÇA O RASTREIO!!!

 

INFORMAÇÃO SOBRE CANCRO DO COLO DO ÚTERO E COMO O PREVENIR

Cuidar da própria saúde é importante para qualquer pessoa.

Mas como mulher há certos assuntos a que deverá estar mais sensível e atenta - em particular ao risco

de cancro do colo do útero.

O cancro do colo do útero é frequente?

O cancro do colo do útero é a segundo causa de morte por cancro em mulheres com idades entre os 15 e os 44 anos.

Na Europa, cerca de 40 mulheres morrem por dia com esta doença.

Em Portugal, em 2002, foram diagnosticados 956 novos casos e 378 mulheres morreram devido a cancro do colo do útero.

O que provoca o cancro do coto do útero?

O cancro do colo do útero não é hereditário. É causado por um vírus, o Papilomavírus. Alguns tipos deste vírus, os Papilomavírus de alto risco, são capazes de transformar células normais do colo do útero em células com alterações.

Qual o risco de ser infectada com o Papilomavírus?

O vírus transmite-se muito facilmente através do contacto genital. Na maior parte dos casos é eliminado naturalmente.

O Papilomavírus é frequente?

O Papilomavírus é muito frequente. Estima-se que 70% das mulheres e homens entrarão em contacto com este vírus durante a sua vida. A idade em que é mais provável haver infecção é entre os 1 ó e os 25 anos.


Quanto tempo demora para que o cancro do colo do útero se desenvolva?

Num número reduzido de casos e, em geral, após vários anos, algumas células com alterações provocadas pelo Papilomavírus podem evoluir para células cancerígenas.

Em que consiste o tratamento quando existem alterações nas céiutas do colo do útero?

O tratamento depende muito do grau das alterações das células do colo do útero. Na maior parte dos casos, as células com alterações podem ser removidas de forma simples e eficaz através de tratamentos com laser ou cirurgia. Infelizmente, se as células com alterações progredirem para células cancerígenas, os tratamentos são mais longos e mais complicados e nem sempre são eficazes.

Como me posso proteger?

O rastreio regular, através do exame papanicolau realizado pelo seu médico, é fundamental, porque permite uma detecção das alterações numa fase inicial.

Quando diagnosticado numa fase inicial, o cancro do colo do útero é, na maior parte dos casos, possível de tratar.

Actualmente, já há uma forma de prevenção primária do cancro do colo do útero.

Fale com o seu médico que lhe dará informações adicionais.

CORAÇÃO SOLIDÁRIO é um blog estritamente informativo, de ajuda a todos aqueles ou aquelas que se encontrem em situações de angústia, depressão, desgosto emocional ou fisíco.
Não tem o mesmo nem pretende qualquer intenção de ser um blog de lamechices amorosas ou ilustração de crianças que não deviam, motivada á perigosidade, estarem expostas para belo prazer de seus progenitores.
A única preocupação é uma, é ser SOLIDÁRIO.

 

 

publicado por Solidário às 23:04
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Quarta-feira, 2 de Janeiro de 2008

DIGA NÃO AO TABACO!!!

 

Afinal a consciencialização chegou... e toda a EUROPA num acto de remorso, reflectiu e constatou como ao longo dos tempos, têm engordado  desmesuradamente as tabaqueiras e destruído tantas vidas. Uns com cancro de Pulmão, outros da laringe e outros que nem têm tempo para o cancro, o coração encarrega-se por meio de enfarte do miocárdio, de os fulminar.

Esta é a razão de repetir o que antes Vos havia dito.

Pela Sua SAÙDE não fume!!!

É dos gestos mais naturais que vemos fazer. Na rua, na paragem do autocarro, no bar ou a seguir ao café. Parece que, para quem fuma, sabe bem.


«Não posso compreender como é que se pode facilitar que os jovens fumem nas escolas. É proibido, mas a verdade é que, em algumas escolas, os adultos encolhem os ombros porque eles também fumam.»

É precisamente dos jovens e das crianças que, muitas vezes, nos esquecemos. Afinal, são as maiores vítimas do fumo passivo.

«Se um adulto se sente incomodado pelo fumo protesta, enquanto que, por exemplo, uma criança muitas vezes não o sabe fazer».

«Dado que os fumadores são pessoas que têm um problema, são dependentes. Todos necessitam de ser sensibilizados e esclarecidos quanto aos malefícios do fumo passivo. E as crianças e os jovens têm de ser protegidos».


O proibido é o mais apetecido

Como explicar, então, este fascínio, nomeadamente, nas camadas mais jovens, que o tabaco ainda exerce, hoje em dia, apesar de todas as campanhas, proibições e dados científicos que comprovam os malefícios deste hábito? 

«Nos adultos, o “fascínio” decorre da sua dependência. Outro factor a ter em conta é a imagem que a indústria tabaqueira tem conseguido fazer passar através de campanhas publicitárias, extremamente bem-feitas, que transmitem aquelas sensações de charme, elegância, poder e vidas fascinantes. Por outro lado, os jovens sabem que fumar é um comportamento para os adultos, logo, fumar é uma forma de ascensão e emancipação. Finalmente, o facto de ser proibido também tem o seu quê de apelativo, o que não quer dizer que discorde da proibição. Contudo, estas proibições e restrições devem ser acompanhadas de esclarecimento e discussão sobre a problemática do tabagismo».

O tabagismo está cada vez mais malvisto pela população.»

A legislação existe, as campanhas fazem-se, a vontade política é constante e, nos últimos anos, muito se fez. No entanto, continua a ser uma luta desigual contra as tabaqueiras. São empresas com muito dinheiro. Mesmo com a proibição de se fazer publicidade directa ao tabaco, elas contornaram a questão com a criação de lojas, maioritariamente roupa e perfumes, com produtos fantásticos e caros que associam as marcas de tabaco a algo interessante e prestigiante.


Os perigos do fumador passivo

Um estudo realizado, em nome da Comissão Europeia, mostra que apenas 2% dos inquiridos acreditam que o fumo passivo é inofensivo, 23% defendem que provoca desconforto, enquanto que 36% acreditam que, a longo termo, pode vir a causar doenças graves como o cancro.

O fumo passivo é o fumo do tabaco existente no meio ambiente e que é respirado por aqueles que não são fumadores. Sempre que se partilha um espaço fechado com alguém que está a fumar fica-se exposto ao fumo do tabaco, facto que poderá causar graves problemas de saúde.

Na realidade, o fumo provocado pelo consumo de tabaco contém, pelo menos, 4000 compostos químicos, sendo a sua maioria tóxicos e mais de 40 deles conhecidos como cancerígenos. O fumador só inala 15% do fumo de cada cigarro, os restantes 85% são libertados para o ambiente.

De acordo com a Agência Internacional para a Pesquisa sobre o Cancro (AIPC), um organismo integrante da Organização Mundial de Saúde, existem inúmeros estudos que comprovam que o fumo passivo é uma das causas de cancro do pulmão em não fumadores.


Durante os últimos 25 anos, foram publicados mais de 50 estudos sobre a relação entre fumo passivo e o risco de contrair cancro no pulmão em não fumadores. Estes estudos mostram que existe uma correlação positiva entre o risco de pessoas não fumadoras, cônjuges de fumadores, virem a contrair cancro do pulmão e a exposição ao fumo passivo. As mulheres sujeitas ao fumo passivo provocado pelos seus maridos têm um risco acrescido em 20% de virem a contrair cancro do pulmão, enquanto que esse risco aumenta para 30% para os homens nas mesmas condições.

Os indivíduos não fumadores expostos ao fumo no local de trabalho têm um risco acrescido em 16 a 19% de virem a contrair cancro no pulmão.

Além disso, de acordo com os dados epistemológicos da AIPC, existe uma relação causa/efeito entre a exposição ao fumo passivo e a doença coronária. Foi estimado que o fumo passivo aumenta entre 25 a 35% o risco de um não fumador ter um enfarte do miocárdio.

Os filhos de pais fumadores têm grande probabilidade de vir a sofrer vários problemas de saúde. As crianças expostas ao fumo passivo sofrem, frequentemente, de tosse, catarro, respiração ruidosa e infecções respiratórias (bronquite, pneumonia e asma infantil). Diversos estudos comprovam que a frequência e gravidade dos sintomas de asma infantil aumentam quando as crianças doentes estão sujeitas ao fumo passivo, e diminuem quando deixam de estar submetidas a estes ambientes.
Dados científicos comprovam que existe uma relação causa/efeito entre a exposição ao fumo passivo e o enfisema pulmonar, quer em crianças, quer na população adulta.




Sintomas de fumo passivo

– Irritação dos olhos, nariz e vias respiratórias;
– Redução da função pulmonar;
– Dores de cabeça;
– Tonturas e náuseas;
– Fadiga;
– Perda de concentração;
– Diminuição do olfacto e do paladar;
– Grávidas expostas a fumo passivo correm o risco de terem bebés de baixo peso;
– Pode causar doença do ouvido médio (otite serosa), que é a causa mais comum de surdez nas crianças;
– Frequência da síndrome de morte súbita aumenta nos bebés/crianças expostos ao fumo do tabaco.





publicado por Solidário às 15:27
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2007

HIPOCRISIA DE NATAL!!!




Pois é Amigos:

Coração Solidário não pode ficar indiferente a tanta hipocrisia, todos falam em Natal, como seja a festa principal da vida, mas todos se atrevem sem reticências ao grande consumismo.

Será que isto é NATAL?

Quantas crianças podiam ser salvas com um gesto de boa vontade?


Quantas crianças podiam ser alimentadas com um brinquedo comprado superfluamente?

Quanto podiamos fazer por todas estas situações?

Acho graça sem graça todos falam de natal, é brinquedos, é cartões de visita, é embrulhos bonitos, que HIPOCRISIA, depois de 25 de Dezembro batem nas costas uns dos outros e esquecem inclusive que a família é uma realidade.

QUE HIPOCRISIA!!!!!!!!!!!!!!!!


Falam de CRISTO como coisa vã, QUE HIPOCRISIA!!!!!!!!!!!!!

Com esta realidade, que eu sei que dói,

DESEJO-VOS UM NATAL HONESTO, REFLECTIDO E EM FAMILIA,


FIQUEM BEM....


publicado por Solidário às 22:51
link do post | comentar | ver comentários (6) | favorito
|

.mais sobre mim

.Música


"VANGELIS"

.Envie um E-mail

Coração Solidário

.Julho 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.mais sobre mim

.posts recentes

. LEUCEMIA NÃO É UMA DOENÇA...

. SOLIDARIEDADE!!!

. DEPRESSÃO E ESPIRITUALIDA...

. Sismo: China confirmam ex...

. O CANCRO DA MAMA...FAÇA O...

. CANCRO NO INTESTINO!!!

. SOLIDARIEDADE COM VERDADE...

. CUIDE DA SUA SAÚDE, FAÇA ...

. DIGA NÃO AO TABACO!!!

. HIPOCRISIA DE NATAL!!!

.arquivos

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds